Rio Claro / SP

(19) 2111-6015

Notícias

23/03/2019

Claretiano Rede e Sistema Anglo, atualização e capacitação de docentes

No último sábado, 23 de março, docentes das unidades de Rio Claro, Batatais, São Paulo, Boa Vista, Belo Horizonte, Taguatinga e Marabá se reuniram para discutir as mudanças na área da educação. O Congresso, destinado exclusivamente para as unidades de colégios Claretiano, contou com o apoio do Sistema Anglo.

O período da manhã teve início com momento de espiritualidade, dedicado a pensar nas dificuldades individuais e em como podemos ajudar os alunos e amigos de trabalho.

A abertura foi realizada por Pe. Cláudio Roberto F. Bastos, Diretor do Claretiano - Colégio de São Paulo e pelo professor Paulo Roberto Moraes, Diretor do Sistema de Ensino Anglo na SOMOS Educação. Em ambas as falas, destaque ao sucesso de uma parceria que une a tradição e a inovação.

As palestras da manhã foram de interesse global e tiveram como tema central a nova BNCC.

A primeira palestra, “Habilidades do pensar – Mais vale uma cabeça bem feita do que uma cabeça cheia”, foi ministrada por José Henrique Porto. Teve início com uma reflexão sobre o atentado em Suzano. Porto colocou que hoje nossa maior arma deveria ser a coragem, o coração que age, apesar do medo.

Em seguida, reforçando os conceitos apresentados por Porto, Mari Leite Cerqueira trouxe a palestra “Mudando o olhar: aulas com foco nas habilidade e competências”. Mari usou a metáfora para descrever a importância das habilidades e competências: “O conteúdo é como uma receita, mas sem habilidades específicas não conseguimos prepará-la com competência”.

Após o almoço, todos se reuniram com os profissionais do Edify: programa bilíngue, que ressaltou a importância da tarefa de casa e do uso todos os sentidos e emoções na aula (a aprendizagem por experiências).

No último momento, os docentes foram divididos por ciclos. A Educação Infantil participou com coordenador Wagner Priante, que se dedicou às principais alterações ocorridas no material Anglo para que este estivesse adequado à nova BNCC. Os Anos Iniciais estiveram com as autoras Cristina Tempesta e Leila Rensi, as quais também - à luz da BNCC - falaram sobre as futuras mudanças no material Anglo, embora já esteja alinhado com muitas das propostas da nova Base Nacional Comum Curricular.

Já os Anos Finais participaram da palestra “Como aprendemos: buscando novos caminhos para uma aprendizagem mais significativa”, com Mariângela Petrosino. Mariângela falou da importância da participação do aluno, das trocas de experiências entre os estudantes, da possibilidade de aulas invertidas, da possibilidade de começar com prática e, após isso, partir para a teoria.

E, finalizando, o Ensino Médio esteve com Thiago Dutra que destinou sua palestra para a elaboração de questões em avaliações.