Rio Claro / SP

(19) 2111-6015

Notícias

27/06/2019

Alunos se preparam para terceira fase das Olimpíadas de Cartografia

As duas fases iniciais da OBRAC - Olimpíada Brasileira de Cartografia aconteceram em maio deste ano, sendo compostas por 2 provas teóricas de 20 questões cada, com graus de dificuldade diferentes.

Os alunos da terceira série do Ensino Médio: Renato Losa, Yasmin Cecatto, Yasmin Ferreira, Samuel Ribeiro da Silva foram selecionados para a terceira fase dessa grande competição e estão desenvolvendo o projeto que precisa ser aprovado para poderem viajar ao Rio de Janeiro e realizar a prova prática. O orientador responsável é o Prof. Eder Paulo Spatti Junior e o tema de 2019 é Somos todos refugiados.

De acordo com o regulamento das olimpíadas, a III Edição da atividade "tem um enfoque na questão dos refugiados, mas serão também abordados os demais aspectos relativos aos elementos e propriedades cartográficas".

Consideramos o tema sobre refugiados de extrema relevância para trazermos em algumas de nossas atividades, o que poderá contribuir para a compreensão deste fenômeno mundial, que afeta de forma tão contundente a vida de muitas pessoas, vítimas de guerras, desastres ambientais e outras situações que as obrigam a um deslocamento forçado.

A OBRAC

A Olimpíada Brasileira de Cartografia (OBRAC) envolve as ciências da informação geoespacial e está em sua terceira edição. A primeira edição ocorreu em 2015 e a segunda em 2017. A OBRAC é um evento bianual e tem participação de todos os estados brasileiros; nas edições anteriores houve participação de cerca de 1500 escolas, ou seja, 1500 equipes de 5 componentes, uma participação de 6000 alunos e 1500 professores. Um dos aspectos inovadores da metodologia adotada, o trabalho em equipe, tem promovido uma rica relação entre os componentes das equipes e nas escolas e tem favorecido a cooperatividade nas provas.

O objetivo principal da OBRAC é divulgar a Ciência Cartográfica, fundamental e estratégica para o país, e despertar nos estudantes a curiosidade e o interesse pela Cartografia com foco no conhecimento espacial para cidadania, através de atividades desafiantes que estimulam o aprendizado e o pensamento espacial. Pretende-se ainda, prover aos professores o conhecimento e ferramentas inovadoras para o ensino dinâmico e participativo em áreas que abrangem o conteúdo cartográfico, como geografia, história e matemática.