Rio Claro / SP

(19) 2111-6015

Notícias

01/09/2017

Redação: A violência em Charlottesville e o ódio racial nos Estados Unidos

Na semana em que uma minoria racista deu as caras violentamente em Charlottesville, cidade universitária e até então pacata do estado da Virginia, Estados Unidos, o projeto de Redação do Claretiano - Colégio trabalhou os pontos importantes que envolveram esse conflito: monumentos históricos, o termo raça e o direito das minorias.

Entenda como esse contexto foi trabalhado:

  • Monumentos Históricos:  tudo começou com a retirada de uma estátua em homenagem a um general da guerra civil americana que defendia a escravidão. Os fatos históricos precisam ser interpretados, e os patrimônios materiais e imateriais fazem isso por meio de símbolos que revelam visões de mundo, pontos de vistas, versões sobre um fato.
  • Termo Raça:  não existe no vocabulário especializado das Ciências da Natureza para classificar seres vivos. Entre brancos e negros, negros e índios, índios e asiáticos, enfim, entre quaisquer agrupamentos humanos não há diferenças relevantes para justificar essa subclassificação. Seria ingênuo, no entanto, pensar que esse fato biológico se reflete em um real estado de igualdade entre os diferentes grupos humanos. Nesta atividade, analisamos o surgimento de teorias supostamente científicas que tentavam justificar a exploração do branco europeu sobre os demais grupos, o pensamento racista que deu respaldo a tais teorias e também os efeitos disso que ainda hoje persistem, principalmente sobre as populações negras.
  • Direitos das Minorias:  há uma tendência, na linguagem cotidiana, de tomar esses termos na perspectiva numérica, como se um grupo quantitativamente majoritário sempre fosse capaz de fazer sua vontade prevalecer, o que não é verdade. Quanto mais forte um grupo, mais ele é maioritário. Quanto mais fraco, mas ele é minoritário. Mesmo que isso não se reflita numericamente como o que está acontecendo nos EUA. O que, por muito tempo, foi um grupo marginal, cresceu e promove a violência racial porque se considera apoiado pelo presidente Donald Trump.

 

 Sobre o Projeto de Redação

Uma temática diferente é trabalhada semanalmente no Projeto de Redação do Claretiano, que acontece todas as quartas-feiras, à tarde. Os alunos da 3ª série do Ensino Médio, são atendidos individualmente pelos professores de Língua Portuguesa, que corrigem e orientam para que as redações sejam construídas no padrão ENEM.